Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

*Bom dia com Ariel Villanova - Fatos e Informações de 31 de março

Acho que nem mesmo deveria ter comemoração para este dia. Um momento que derramou muitas mortes no Brasil. 

Muitos brasileiros sofreram nesse ano. Mas para registro, a data será lembrada em nosso bom dia.

Bom dia!! Hoje dia 31 de março de 2016, quinta-feira. 

Para os Jogos Olímpicos de 2016, no Brasil - Rio, faltam 127 dias. 

Estamos com na Lua Minguante com 66% diminuindo. 

Estação Outono

Parabéns para os aniversariantes. Todos são do signo de Aries. 



Hoje é Dia de que.
- Dia do aniversário do Golpe Militar de 64
( Veja o significado abaixo )

Conselho do dia com o proverbio do dia. (Somos "Proverbistas")
Abre a tua boca; julga retamente; e faze justiça aos pobres e aos necessitados.
Provérbios 31:9


Para "Lapidar" a alma.
Clique e leia a "Reflexão de Hoje" 
"Cada um no seu quadrado"


Fique sabendo que hoje
A Comissão do impeachment ouve hoje o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, e o professor de Direito Tributário da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Ricardo Ribeiro, que defendem o governo Dilma. Ontem, Miguel Reali Júnior e Janaína Paschoal discursaram para os deputados, justificando o pedido de impeachment.

Prouni
Hoje é o último dia para se inscrever às vagas remanescentes do Prouni. O MEC não divulgou o total de bolsas que restaram e serão disponibilizadas. No 1º semestre foram ofertadas 203.602 bolsas de estudo em universidades particulares, queda de 4% em relação ao ano passado.

Futebol
Lanterna em seu grupo, o Palmeiras enfrenta o Rio Claro às 20h30, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. Já o Santos recebe na vila Belmiro, a partir das 21h30, a Ferroviária.




Dia do aniversário do Golpe Militar de 64
Na década de 60, o Brasil sofreu uma revolução radical em sua trajetória política que marcou profundamente a vida do país. O Dia 31 de Março de 1964 é o ícone dessa revolução que, capitaneada pelas Forças Armadas, depôs o Presidente da República e assumiu o governo pelos 21 anos que se seguiram.
Cenário para o golpe

No ano de 1961, com a renúncia do presidente Jânio Quadros, havia assumido o governo do Brasil o vice João Goulart, o Jango.

Naquela altura, ministros militares já não aceitaram a posse de Jango, um político que descendia diretamente do getulismo, mais próximo de movimentos populares e sindicalistas emergentes àquela época. Houve ali uma negociação política entre Congresso, cúpula militar e tropas legalistas, possibilitando a posse (Jango ficaria no poder de 1961 até 64).

Um movimento chamado antipopulista uniu o descontentamento das Forças Armadas e o apoio de alguns de nossos governos civis, reagindo abertamente contra medidas consideradas de caráter nacionalista anunciadas pelo presidente Jango. Entre estas medidas, as chamadas "reformas de base": reforma administrativa, fiscal, agrária, bancária.
Militares assumem o poder

No dia 31 de Março de 64, Jango foi deposto e Ranieri Mazzili, o presidente da Câmara dos Deputados, assumiu a presidência, no dia seguinte, 1º de abril de 64.

Líderes civis como Ulisses Guimarães e Amaral Peixoto (do Partido Democrático Social, PDS), Bilac Pinto e Pedro Aleixo (da União Democrática Nacional, UDN) protagonizaram, da parte do Congresso, tentativas de dar direção política àquela situação. Porém, à frente de fato do governo estava uma Junta Militar: general Costa e Silva (Exército), brigadeiro Correia de Melo (Aeronáutica) e vice-almirante Rademaker (Marinha).

Vários mandatos parlamentares foram cassados e, 15 dias depois, assumiu a presidência, através do Ato Institucional nº1, o primeiro dos presidentes militares, Humberto de Alencar Castelo Branco.
Período de movimentos radicais

A década de 60 iniciou um período de grandes modificações na economia do Brasil: de modernização da indústria e dos serviços, de concentração de renda, de abertura ao capital estrangeiro e de endividamento externo.

Os movimentos políticos e sociais dessa época foram intensos e radicais, exemplificados pela presença da censura, pela perseguição a líderes políticos, prisão e tortura (com muitos desaparecidos), pelo terrorismo e pelas guerrilhas.
Governos se sucederam durante a Ditadura Militar

Nesse longo período da nossa história, do chamado Regime Militar, o Brasil teve vários presidentes que governaram através de atos institucionais e complementares: governo Castelo Branco (1964 a 67), governo Costa e Silva (1967 a 69), Junta Militar (de agosto a outubro de 1969), governo Médici (1969 a 74), governo Geisel (1974 a 79), governo Figueiredo (1979 a 85, quando começou a transição de volta à democracia).



Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Túnel do Tempo do dia


  • 307 — Depois de se divorciar de sua esposa Minervina, Constantino casa com Fausta, a filha do ex-imperador romanoMaximiano;
  • 627 — Início da Batalha da Trincheira, o cerco a Medina por parte dos inimigos de Maomé;
  • 1146 — Bernardo de Claraval prega seu famoso sermão em um campo de Vézelay, ressaltando a necessidade de empreender uma Segunda Cruzada. Luís VII está presente e se junta aos cruzados;
  • 1371 — Celebrado o Tratado de Alcoutim entre os reis D. Fernando e D. Henrique II de Castela, onde o soberano de Portugal compromete-se a manter boas relações com o rei de França;
  • 1492 — Os Reis Católicos, Fernando e Isabel, assinam o decreto de Alhambra ordenando a expulsão de todos os judeus da Espanha a menos que eles se convertessem ao Catolicismo;
  • 1774 — Guerra da Independência dos Estados Unidos: o Reino da Grã-Bretanha ordena que o porto de Boston, Massachusetts seja fechado;
  • 1821 — A Inquisição em Portugal é extinta;
  • 1822 — A população da ilha grega de Quios é massacrada pelos turcos após uma tentativa de rebelião;
  • 1829 — Francesco Severio Castiglione é eleito Papa e assume com o nome de Pio VIII;
  • 1839 — Batalha de Pago Largo: travada entre as tropas das províncias argentinas de Entre Ríos e Corrientes.
  • 1849 — Início do Moderno Espiritualismo;
  • 1854 — O comandante Matthew Perry assina o Tratado de Kanagawa com o governo japonês, abrindo os portos de Shimoda e Hakodate ao comércio com os Estados Unidos;
  • 1866 — A Armada espanhola bombardeia o porto de Valparaíso, Chile;
  • 1885 — O Reino Unido cria o Protetorado da Bechuanalândia;
  • 1889 — A Torre Eiffel é inaugurada por Gustave Eiffel que a projetou;
  • 1892 — Treze autoridades militares brasileiras assinam o Manifesto dos 13 generais contestando a legitimidade do governo e condenando as atitudes de Floriano Peixoto contra rebeliões nos estados e solicitando a convocação de nova eleição para a presidência da república;
  • 1900 — Batalha de Sanna's Post: travada entre as forças do Império Britânico e os bôeres das repúblicas independentes do Estado Livre de Orange e da República Sul-Africana.
  • 1905 — A visita do Kaiser Guilherme II da Alemanha a Tânger, no Marrocos, desencadeia a Primeira Crise do Marrocos;
  • 1909 — A Sérvia aceita o controle austríaco sobre a Bósnia e Herzegovina;
  • 1917 — Os Estados Unidos tomam posse das Índias Ocidentais Dinamarquesas depois de pagarem $25 milhões à Dinamarca e renomear o território como Ilhas Virgens Americanas, por considerá-lo estratégico para a proteção do Canal do Panamá;
  • 1918 — O Horário de verão entre em vigor nos Estados Unidos pela primeira vez;
  • 1931 — Um sismo destrói Manágua, Nicarágua, matando 2 000 pessoas;
  • 1942 — Na Segunda Guerra Mundial, as forças japonesas invadem a possessão britânica da Ilha Christmas;
  • 1951 — A Remington Rand entrega o primeiro computador UNIVAC I para o United States Census Bureau;
  • 1959 — O 14.º Dalai Lama, Tenzin Gyatso, cruza a fronteira da Índia e consegue asilo político;
  • 1964 — Deflagrada a Operação Brother Sam pelos Estados Unidos, sob a ordem de apoiar o golpe de Estado no Brasil.
  • 1965 — O Pico da Neblina, ponto mais alto do Brasil com 2 993,78 m de altitude, é escalado pela primeira vez;
  • 1966 — A União Soviética lança a Luna 10, que mais tarde se tornaria a primeira sonda espacial a entrar em órbita ao redor da Lua;
  • 1970 — O primeiro satélite artificial lançado ao espaço pelos Estados Unidos, o Explorer I, reingressa na atmosfera da Terra (depois de doze anos em órbita);
  • 1991 — Dissolução do Pacto de Varsóvia;
  • 1992 — O USS Missouri, o último encouraçado construído pelos Estados Unidos, é decomissionado pela última vez;
  • 1994 — O jornal científico Nature reporta o achado na Etiópia do primeiro crânio completo de um Australopithecus afarensis (veja Evolução humana); 





Pesquisa : Wikipédia





Ariel Villanova - Programa O Resumo - TV
Bom dia com tudo de bom para você.


Ariel Villanova
O seu amigo de todos os dias














Foto topo da matéria : cpdoc.fgv.br