Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Bom dia com Ariel Villanova - 23/5/2017

Estão estragando o “berço esplêndido”, E quem está "ferrando", pra não dizer um palavrão, são os nossos politiqueiros das mais diversas tendências, unidos por seus interesses escusos. Extrapolaram todo e qualquer limite, elevando a conhecida imoralidade da politicagem. Prostituíram a república, feriram de morte a democracia. Desnorteado, desgovernado, o país cambaleia perigosamente sem rumo.
Políticos “inimigos”, perseguidores e agora perseguidos hoje, atentam contra a pátria. Como sou de rádio, lembrando de muitas músicas, recordo do trecho da música de Cazuza, e que se encaixa muito bem com essa "merda" que se faz o momento nacional:

“… Transformam o país inteiro num puteiro

Pois assim se ganha mais dinheiro

A tua piscina tá cheia de ratos

Tuas ideias não correspondem aos fatos

O tempo não para

Eu vejo o futuro repetir o passado

Eu vejo um museu de grandes novidades

O tempo não para

Não para, não, não para...”

E o pais está assim por culpa do povo. E por isso me lembro de outra música do “Ultraje a Rigor”, que parece traduzir a nossa atual situação, o grupo cantava:

“A gente não sabemos escolher presidente

A gente não sabemos tomar conta da gente

A gente não sabemos nem escovar os dente

Tem gringo pensando que nóis é indigente

Inútil!

A gente somos inútil...”

É hora de tomar as ruas para dizer não a toda essa bandalheira, contra os péssimos políticos que tomaram de assalto a nação. É hora de acabar com as quadrilhas partidárias e resgatar o orgulho, o valor da bandeira brasileira. É hora de por no lixo essa “página infeliz da nossa história”. Enquanto é tempo, enquanto há tempo; enquanto resta república, enquanto ainda respira na UTI nossa pátria Brasil.



Bom dia leitores

Ariel Villanova



Pesquisa : Blog Antonio Pereira Apon.
Foto           : Google